CURIOSIDADES

 

Para auxiliar o visitante a conhecer as maravilhas da Bahia e compreender mais profundamente o ambiente natural e cultural visitado, sempre trabalhamos com material de apoio didático desenvolvidos pela equipe Caminhos do Brasil especialmente para você.

A Onça Pintada

 

A onça-pintada (Panthera onca) é atualmente o maior felídeo das Américas e o terceiro no mundo, originalmente distribuída dos Estados Unidos, até a Argentina.

 

Por serem predadores de topo da cadeia alimentar, as onças desempenham funções ecológicas importantes para a manutenção do equilíbrio dos ecossistemas onde ocorrem, limitando o número de herbívoros e assim reduzindo a pressão que estes exercem sobre as plantas. 

 

A onça é uma espécie carnívora que alimenta-se de capivaras, veados, coelhos, mocós, pássaros, peixes, cobras, jacarés e tartarugas, caçando em emboscadas principalmente durante a noite. São ótimas nadadoras, atravessando rios com mais de 1km de largura. Para pescar, ela agita a cauda no rio para atrair o peixe que ela pega com uma patada.

 

São animais solitários, formando casais apenas no momento do acasalamento, a gestação dura em torno de 100 dias, nascendo de 1 a 4 crias, que ficarão com a mãe até os 2 anos, aprendendo com ela as técnicas de caça. 

De onde vieram os diamantes da Chapada?

 

Estas pequenas pedras são formadas nas profundezas da Terra, em locais muito quentes e de altíssima pressão, onde o magma esfria lentamente, dando tempo para que os elementos químicos encontrem seu “par perfeito”, estabelecendo ligações muito fortes, átomos de carbono se ligam uns aos outros, formando cristais puros e resistentes, que são os diamantes.

 

Através de chaminés vulcânicas, o magma traz os diamantes até a superfície, onde ficam incrustados na rocha. Com o tempo estas rochas são erodidas pelo sol e pela chuva, liberando estes diamantes, que são carregados pelos rios.

 

Diamantes também se formam dentro de estrelas e podem vir do espaço dentro de asteróides.

 

Para saber mais conheça nossas Trilhas Interpretativas.

 

Um pouco de História:

 

Pode-se dizer que a Bahia é o berço do Brasil, pois foi aqui que se deu o descobrimento oficial do país em 1500, quando o português Pedro Álvares Cabral avistou nossas terras. Inicialmente, portugueses e piratas exploravam a madeira, especialmente o pau-Brasil para, em seguida, dar início às expedições de “Entradas”. Partindo de Salvador, Ilhéus e Porto Seguro eles seguiam rumo ao interior, cravando vários conflitos com os habitantes da época, ou seja, os índios.

 

O período de exploração se estendeu entre os séculos XVI e XIX, quando milhares de negros foram trazidos da África para trabalharem como escravos nos engenhos de cana-de-açúcar instalados no Recôncavo e posteriormente nos garimpos de ouro e diamante nas serras da Chapada Diamantina.

A partir desta miscigenação de raças formou-se a Bahia: um estado dos negros, dos brancos, dos índios e dos visitantes que chegam de todas partes do mundo para conhecer de perto suas belezas e contribuir para a construção de nossa história.

 

Bahia is considered the birthplace of Brazil, for these lands were first seen in 1500 by the Portuguese navigator Pedro Álvares Cabral. Initially, Portuguese traders and pirates harvested (with great profits) the Brazil wood (“pau-brasil”) that grew along the coast. Later, there were “Entradas” (entrances, or inland exploratory treks) that left from Salvador, Ilhéus, and Porto Seguro towards the interior, creating, of course, numerous conflicts with the local inhabitants (Amerindians). 

 

Between the 16th and 19th centuries millions of Africans were brought to the New World as slaves to work in the sugarcane plantations and mills built along the Recôncavo coast. These slaves later toiled in the gold and diamond mines in the Chapada Diamantina mountains.

Thus, Bahia was formed from a mixture of Europeans, Amerindians, and principally Africans – who had an enormous influence on the history and culture of the region. 

Para saber mais sobre a Bahia, conheça nossa coleção de mapas, livros e guias.

SIGA-NOS

  • Instagram
  • Facebook Classic
  • Flickr Classic

Caminhos do Brasil

rodrigovalle@caminhosdobrasil.net

rodrigovalle8@hotmail.com

(75) 99983-9517 (whats app / vivo)

(75) 99968-7437 (whats app / vivo)

Termos e Condições

16742438000185

Rodrigo Valle Cezar

22676525875

© Caminhos do Brasil

 

Entrega de livros e mapas via correio com prazo médio de 10 dias úteis.

CNPJ: 16.742.438/0001-85

Rua Maria Adilson, 10 - Lençóis - BA